AD Hortolândia realiza 1ª Escola Bíblica de Obreiros

(Por Míriam Estevan)

A noite de 23 de Março de 2016 marcou a abertura da 1ª Escola Bíblica de Obreiros realizada no templo sede da AD Hortolândia, presidida pelo pastor Aloízio Mendes. O templo estava lotado de membros, obreiros e suas esposas, e cooperadores ansiosos para aprender mais da Palavra de Deus. A orquestra e coral do templo sede participaram louvando ao Senhor nosso Deus.
Tivemos a honrosa presença do Pastor José Wellignton da Costa Junior acompanhado de alguns pastores da capital paulista. Também estiveram presentes diversos pastores presidentes, vice-presidentes ou representantes destes, de várias cidades do interior paulista, entre eles: os pastores Irineu Lima Pereira (Piracicaba/SP); Antonio Constantino (Valinhos/SP); Silvio Donizeti (Vinhedo/SP); Luis Fernando (Santo Antonio de Posse); Ivan Morim (Sumaré/SP); Domingos dos Santos (Americana/SP); todos acompanhados de comitivas de pastores.
A ministração da Palavra de Deus foi realizada pelo Pastor José Wellignton da Costa Junior. O texto lido foi o de João 9.1, onde está relatado o encontro de Jesus com um cego. Em sua homilia o pastor Wellignton destacou que, assim como a cegueira não era originária de uma consequência do pecado do homem cego ou de seus pais, determinadas circunstâncias adversas na vida do crente também não o são. Essas adversidades contribuem para uma aproximação maior do crente com Deus e gera glorificação do nome do Senhor Jesus. A presença de Deus foi sentida de maneira maravilhosa.
Antes de encerrar o culto, o pastor Aloízio Mendes entregou ao pastor Wellignton um Manifesto de Apoio à candidatura e eleição para a presidência da CGADB. O conteúdo deste Manifesto é a fiel expressão do comprometimento da diretoria da AD Hortolândia e ministério de apoiar e orar pelo pastor Wellignton, sua família e seu já frutífero ministério.
Vale mencionar as muitas pessoas que acompanharam a transmissão do culto feita pela internet.
Louvamos a Deus pela primeira noite de Escola Bíblica de Obreiros (EBO).